quinta-feira, 5 de junho de 2008

Syphon Filter: Dark Mirror




Gráficos 8,8



Som: 8,0



Jogabilidade: 9,2



Diversão: 9,0



Replay: 7,8



Desafio: 7,0






NOTA FINAL: 9,2









N a época do saudoso PSOne, foi lançado um jogo, um jogo chamado Syphon Filter. Ele não recebeu a devida atenção, pois na época, todos falavam e respiravam o mais novo clássico da época: Metal Gear Solid. E olha, eles estavam perdendo outro título inteligente, com ação furtiva e uma grande dose de diversão( não,não é Splinter Cell, nesses anos, o jogo nem sonhava em existir) : Syphon Filter. Só depois, quando foram lançados as seqüencias de SF, a franquia recebeu atenção, o quê é uma pena, já que os episódios posteriores nem passaram perto de desbancar o original. Agora, a franquia volta as origens, sabendo inovar e divertir. Os gráficos são belos, com sombras e iluminação convincente. O som também é bom, com barulhos de tiros e explosões bem realistas, sem falar nas vozes dos inimigos. E por falar em inimigos, estes são bem variados, vão desde soldados africanos até agentes do governo que mais parecem os homens de preto. A jogabilidade é surpreendente, é possível utilizar Uzis até panos sufocadores, e isso tudo realizado de forma prática, mas que se leva algum tempo para se acostumar. A diversão é soberba, porém o replay nem tanto, já que o único incentivo para fazer tudo de novo é uam nova missão desbloqueável, e é claro, ter gostado bastante do jogo. O desafio é regular, e não é muito alto nem nas dificuldades mais elevadas, mais convence. Bom,depois de muitas seqüencias ruins, Syphon Filter parece finalmente ter re-achado o seu caminho.

Nenhum comentário: