sexta-feira, 20 de junho de 2008

Heroes of the Pacific




Gráficos: 8,8



Som: 8,5



Jogabilidade: 8,2



Diversão: 7,8



Replay: 7,5



Desafio: 9,0









NOTA FINAL: 8,2









Pois é, a Codemasters, rainha dos simuladores, agora entra em um novo território: o vôo. O jogo se passa no pacífico, a tempos atrás, e para dar mais realismo, e dizer que é realmente a muito tempo, grande parte das cenas é em preto e branco. Em Heroes of the Pacific, você pilotará vários aviões de várias classes, que vão desde caças até aviões "ômega jumbo" que andam na água e possuem duas metralhadoras, e entre eles, está o famoso WildCat,além de muitas outras lendas dos céus, todos reproduzidos fielmente. Os gráficos são muito bons, é possível ver núvens atravessáveis e lindos arco íris e crepúsculos, além de belos reflexos na água, detalhe: quando você está muito próximo da água, dá para ver a sombra do avião, além do fato de, se você observar bem quando o avião inimigo explode, é possível ver o piloto caindo de para-quedas. O som também é legal, com barulhos de tiro bem realistas e vozes realmente humanas. A jogabilidade é exemplar, o controle praticamente se transforma num controle de avião, porém, os controles são de difícil acesso a iniciantes, mas nada que a prática não resolva. A diversão é... é... Bom, digamos que não há nada como explodir um Kamikasi enjoadinho. Porém, esta sensação vai se dissolvendo ao longo do game.O Replay convence, mas não agrada. Não há muitos incentivos para refazer tudo, e assim que você o termina, fica com a sensação de : " Ufa! Finalmente acabou!". O desafio é como a maioria dos jogos da CM, ou seja, altíssimo. Bom, Hereroes of the Pacific pode não ser o melhor do seu gênero,talvez não seja um dos mais populares, mas é um dos melhores, apesar de não apresentar grandes novidades.

Nenhum comentário: